Home / Brasil / Bebê de 5 meses morre engasgado com leite em creche no Ceará

Bebê de 5 meses morre engasgado com leite em creche no Ceará

Um bebê de apenas cinco meses morreu após se engasgar com leite em uma creche particular em Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza, nesta segunda-feira (3). José Raffael de Sousa Alves chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Conforme o relatório médico ao qual o g1 teve acesso, o bebê chegou na Unidade Básica de Saúde do Ancuri às 16h51, acompanhado por dois funcionários da creche, com relato de engasgo após ingerir leite. Na ocasião, os socorristas constataram que o menino já estava em parada cardiorrespiratória e com a pele azulada (cianose).

Durante o socorro, os profissionais de saúde realizaram a manobra de Heimlich e fizeram diversos ciclos de reanimação cardiopulmonar, porém sem sucesso. Na ocasião, não foi realizada tentativa de entubação do bebê, porque a unidade não tinha equipamento.

Ainda segundo o relatório médico, enquanto os profissionais atendiam o bebê, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas o resgate só chegou 30 minutos após o primeiro contato. No hospital, os socorristas do Samu ainda fizeram doze ciclos de reanimação cardiopulmonar, mas a criança não resistiu. O garoto era filho único.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, o bebê deu entrada em uma unidade hospitalar após se engasgar, mas foi a óbito. Equipes da Polícia Militar e da Perícia Forense foram acionadas e colheram informações que irão auxiliar os trabalhos policiais.

“A Delegacia Metropolitana de Itaitinga realiza oitivas e diligências para elucidar o caso”, disse a Secretaria da Segurança.

A creche informou que todos estão “muito abalados” e que presta apoio à família da criança.

Socorro à criança
A Secretaria Municipal de Saúde de Itaitinga foi procurada para esclarecer sobre a falta dos equipamentos para a entubação do bebê. O órgão explicou que a criança foi levada a uma Unidade Básica de Saúde, equipamento voltado apenas para atendimentos de menor complexidade, portanto sem a obrigatoriedade de ter os equipamentos específicos.

O Samu Ceará foi questionado sobre o tempo até a chegada dos socorristas da unidade e informou que o Serviço foi acionado para atender a ocorrência às 17h01min, e às 17h21min chegou ao local, ou seja, levou 20 minutos para chegar ao local e não 30 minutos como registrado no relatório médico. Nesse período a criança já estava em parada cardiorrespiratória.

“O Serviço enviou uma ambulância de Suporte Avançado (USA), UTI móvel. A equipe ficou até 18h15 nessa unidade de Saúde. O Samu Ceará lamenta esse momento de dor e se solidariza com a família”, disse.

g1

 

Veja Também

São João em Santa Rita: Polícia Militar apreende arma de fogo e drogas nas proximidades de evento

A primeira noite das festividades de São João em Santa Rita teve registro de arma ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.