Home / Catolé do Rocha / Mutirão Carcerário atende a 201 detentos de Catolé do Rocha

Mutirão Carcerário atende a 201 detentos de Catolé do Rocha

O Mutirão Carcerário realizado na Comarca de Catolé do Rocha, por meio de videoconferência, foi concluído com um saldo de 201 detentos atendidos, entre sentenciados e em prisão provisória. Os trabalhos foram realizados pelo Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e Socioeducativo do Estado da Paraíba (GMF-TJPB), por meio da Coordenação do Mutirão Carcerário e a participação do Ministério Público e da Defensoria Pública.

Segundo a juíza Lilian Cananéa, membro do GMF-PB e coordenadora estadual dos mutirões carcerários, durante o esforço concentrado foram concedidos benefícios como progressão, livramento, remição e indulto.

“A  utilização dos mecanismos tecnológicos beneficiou de forma significativa a prestação jurisdicional, no que se refere à celeridade no atendimento dos casos. O mutirão carcerário no sistema prisional é um ato importante para o bom andamento da execução penal”, enfatizou.

Integrando a equipe do esforço concentrado, o juiz substituto da 1ª Vara Mista da Comarca de Catolé do Rocha, Mário Guilherme Leite de Moura, salientou como importante o mutirão por permitir que fosse feito o controle sobre as guias de cumprimento de pena, bem como a correição permanente nos processos de execução penal.

“Nós fazemos todo esse controle, e isso proporciona celeridade e efetividade processual, porque nós avaliamos e concedemos os benefícios que eles têm direito”, comentou o magistrado.

LILA SANTOS/TJPB

Veja Também

Carreta tomba em curva e deixa motorista morto em Paulista-PB

Um grave acidente de trânsito foi registrado por volta das 22h40 desta quinta-feira (13) na ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.