Home / RN / Suspeito de matar personal trainer em academia é preso em Caicó

Suspeito de matar personal trainer em academia é preso em Caicó

O suspeito de matar o personal trainerWhadson Araújo na porta da academia dele na cidade de Caicó, na Região Seridó do Rio Grande do Norte, foi preso na tarde desta quinta-feira (2) também no município. O crime aconteceu na segunda passada (29).

De acordo com a Polícia Civil da cidade, o crime é tratado como passional. O delegado Luiz Leopoldo explicou que o suspeito perseguia a ex-companheira, que recebia conselhos e ajuda do personal para denunciar o suspeito.

“Ele ajudava a senhora que era perseguida por esse suspeito a denunciar a questão de violência doméstica, procurar a polícia. E esse suspeito nutria um profundo ódio contra o Whadson, não aceitava também o término”, explicou o delegado Luiz Leopoldo, responsável pela investigação.

A investigação inicial, segundo o delegado, apontou que o suspeito agiu sozinho e que ele esperou cerca de uma hora para o personal trainer abrir a academia. Por esse motivo, explicou o delegado, o suspeito será indiciado por homicídio qualificado.

O suspeito, que não teve o nome revelado, chegou e saiu a pé do local. Na delegacia, ele se recusou a falar sem a presença do advogado e não confessou o crime.

A arma do crime não foi encontrada, mas as roupas que a polícia acredita que foram usadas no dia do crime – e que aparecem em câmeras de segurança – foram recolhidas para perícia. O celular do suspeito também será periciado.

Segundo o delegado, o suspeito tinha um histórico de perseguição contra a ex-companheira. “Já teve uma situação que ele até simulou um roubo para que tivesse acesso ao celular e às mensagens da menina”, disse.

O delegado Luiz Leopoldo falou ainda que Whadson era “uma pessoa íntegra” e que aconselhou a amiga a buscar uma medida protetiva.

O crime

O personal trainer Whadson Whonam Silva de Araújo, 34 anos, foi assassinado por volta das 4h50 do dia 29 de abril ao abrir a academia dele para receber os primeiros clientes do dia.

O profissional foi morto dentro da academia, na rua Coronel Totonho, no bairro Barra Nova, Zona Oeste de Caicó. Além de personal trainer, Whadson Araújo era fisioterapeuta.

Segundo o delegado Bruno Ferraz, o homem tinha uma rotina bem definida. Ele abria o estabelecimento diariamente antes das 5h e só fechava o local às 22h.

Pelo menos três capsulas de pistola 9 mm foram encontradas no cenário do crime.

g1
Foto: Cardoso Silva/Inter TV Costa Branca

Veja Também

Em Pombal: Policiais Civis prendem, em flagrante, suspeito de agredir a ex-companheira na manhã desta quarta-feira

Na manhã de hoje, 12 de junho, data em que se é comemorado o Dia ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.