Home / Paraíba / Homem suspeito de matar filho é preso em Alhandra; vítima tentou defender mãe de agressões

Homem suspeito de matar filho é preso em Alhandra; vítima tentou defender mãe de agressões

Um homem suspeito de matar o próprio filho em Alhandra, na Paraíba foi preso na manhã desta segunda-feira (21). De acordo com o delegado Everaldo Medeiros, a vítima estaria defendendo a mãe, vítima de violência doméstica. O casal estava separado há três anos, mas o suspeito, Josenildo Borges, não aceitava o fim do relacionamento. O crime ocorreu neste domingo (21) no sítio Vieira, município de Alhandra.

De acordo com a dona de casa Fabiana Bulhões de Sousa, mãe da vítima e ex-companheira do investigado, uma discussão neste domingo teria começado por ciúmes. O filho tentou intervir para defender a mãe e sofreu um golpe fatal de faca. A mulher afirma, inclusive, que já sofreu dois abortos por conta da violência praticada pelo ex-marido, e esse teria sido o motivo da separação.

Segundo a Polícia Militar, a vítima, identificada como Fernando Borges, de 18 anos, ainda chegou a pedir socorro no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Mata Redonda, e foi levada para o hospital, mas não resistiu.

De acordo com o delegado Edernei Hass, nesta segunda-feira, o suspeito foi encontrado em uma região de mata entre os municípios de Pedras de Fogo e Mata Redonda. O delegado afirmou ainda que ele havia tentado fugir duas vezes da polícia ainda neste domingo, mas nesta segunda-feira foi preso, após a polícia receber denúncias sobre sua localização.

g1

Veja Também

Carreta tomba em curva e deixa motorista morto em Paulista-PB

Um grave acidente de trânsito foi registrado por volta das 22h40 desta quinta-feira (13) na ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.