Home / Sertão / Ação conjunta das forças policiais prende dois suspeitos de integrar quadrilha que planejava assaltar carro-forte no sertão da Paraíba

Ação conjunta das forças policiais prende dois suspeitos de integrar quadrilha que planejava assaltar carro-forte no sertão da Paraíba

Dois criminosos, suspeitos de integrar uma quadrilha que planejava assaltar um carro-forte no sertão da Paraíba, foram presos na manhã desta quinta-feira (16) em uma ação conjunta da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO), Delegacia de Homicídios e Entorpecentes de Patos (DHE) e a Polícia Rodoviária Federal.

➡️ VEJA MAIS NOTÍCIAS NO CATOLÉ AGORA

A ação ocorreu por volta das 9h da manhã, no município de Malta, na Região Metropolitana de Patos. As equipes interceptaram os criminosos que seguiam em comboio pela PB-293, rodovia que liga o município a Vista Serrana.

O jornalista Pabhlo Rhuan, da Rádio Arapuan FM Patos, trouxe a informação em primeira mão de que o caso não se tratava de um assalto a carro-forte, mas de um trabalho de inteligência das polícias que resultou na ação.

Segundo a polícia, o grupo criminoso planejava realizar um assalto a um carro-forte no sertão paraibano, e hoje, parte da quadrilha iria se deslocar transportando parte do armamento.

Os policiais conseguiram identificar os dois veículos dos criminosos e, durante a abordagem, iniciou-se um intenso confronto entre criminosos e policiais, no qual dois deles possivelmente acabaram feridos e empreenderam fuga pela mata.

Outros dois suspeitos foram presos. Além da apreensão de um veículo, foram confiscados dois fuzis, calibres 5.56 e 7.62, nove carregadores e centenas de munições.

Os policiais ainda realizam esforços no local para capturar os outros dois suspeitos que fugiram.

JORNAL PATOENSE

Veja Também

São João em Santa Rita: Polícia Militar apreende arma de fogo e drogas nas proximidades de evento

A primeira noite das festividades de São João em Santa Rita teve registro de arma ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.