Home / Sertão / Mulher é morta a facadas quando seguia para o trabalho em um mototáxi, em Patos

Mulher é morta a facadas quando seguia para o trabalho em um mototáxi, em Patos

» Publicidade «

 

Na manhã desta quarta-feira, dia 08 de maio, por volta das 07h00, precisamente no semáforo de cruzamento entre as ruas do Prado e Oscar Torres, centro de Patos, um possível crime de feminicídio foi registrado e teve como vítima uma mulher identificada apenas por Francinete Nunes dos Santos, 38 anos, conhecida por Neta.

✅ VEJA MAIS NOTÍCIAS NO CATOLÉ AGORA

De acordo com informações do repórter Pablo Ruan, da Rádio Arapuan, a vítima havia pegado um mototáxi na Vila Cavalcanti e seguia com destino ao Condomínio Vilas do Lago. Ao parar a sua moto no semáforo, um homem se aproximou e desferiu várias facadas na vítima que caiu ao chão e foi a óbito segundos depois.

As informações são de que o crime pode ser de feminicídio, mas ainda se buscam mais detalhes sobre o crime brutal e em plena avenida de bastante movimento na cidade de Patos.

Tudo foi muito rápido e de forma covarde como sempre são os crimes de feminicídio. Guarnições do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM) estiveram no local e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) também foi acionado, no entanto, a vítima teve morte imediata diante da gravidade dos ferimentos que atingiram o pescoço.

O Delegado Edson Pedrosa concedeu entrevista ao jornalista Misael Nóbrega, da Rádio Espinharas, e confirmou que o suspeito é um ex-marido da vítima. O delegado relatou que a polícia está em diligencias para tentar prender em flagrante o suspeito.

POLÊMICA PATOS

Veja Também

Em Pombal: Policiais Civis prendem, em flagrante, suspeito de agredir a ex-companheira na manhã desta quarta-feira

Na manhã de hoje, 12 de junho, data em que se é comemorado o Dia ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.